As Essências Florais das Gerais

Essências florais de Minas Gerais

Quero Comprar!

AS ESSÊNCIAS FLORAIS ESTÃO DISPONÍVEIS COMO SOLUÇÕES-ESTOQUE EM FRASCO AMBÂR
12 ML C/ TAMPA LACRE. CONHEÇA NOSSOS 154 PRODUTOS, SENDO 108 ESSÊNCIAS FLORAIS E OS 46 COMPOSTOS:

COMPRE OS PRODUTOS PELA LOJA VIRTUAL www.floraisdasgerais.com
ALECRIM (Rosmarinus officinalis): desatentos; sonhadores; distraídos e “lunáticos”; memória fraca; dificuldades em lidar com o lado prático da vida; desmaios; problemas circulatórios.

ALELUIA-AMARELA (Oxalis chrysantha): falta de esperança na própria recuperação; emergências desesperadoras; apatia com a vida.

ALFACE (Lactuca sativa): tendência a escapar do lado “duro” da vida; coragem para enfrentar.

ALFAZEMA (Lavandula vera): imaturidade psíquica-biológica; sentimento de inferioridade; falta de autoconfiança; frustração das próprias capacidades; não acredita em si mesmo.

ALHO-SILVESTRE (Ornithogalum umbellatum): traumas, sustos, choques, notícias graves, paralisias, crises nervosas, tendência em fugir nas situações de maior impacto na vida.

AMEIXEIRA-AMARELA (Eribotrya japonica): descontrole nos pensamentos; ruminação; precisando de um laxante que promova paz para a mente.

AMOR-DEIXADO (Leonurus sibiricus): para personalidades que precisam ter atenção aos detalhes de cada experiência vivida; consciência evolutiva através da sabedoria e sensibilidade.

ANILEIRA (Indigofera anil): envelhecimento intelectual; esclerose; perda da percepção sensorial.

ARNICA-MINEIRA (Lychnophora pinaster): cicatrização emocional e para traumatismos do corpo físico: ferimentos, contusões; cirurgias; traumas psíquicos.

ARRUDA (Ruta graveolens): fraqueza de vontade; não sabe dizer não; necessidade de agradar e atender bem aos outros; submissão; falta franqueza; individualidade fraca;cansaço por servir.

ARTEMÍSIA(Artemisia vulgaris): pessoas que precisam se libertar de estados obsessivos, purificando a mente e o corpo; infecções bacterianas.

ASSA-PEIXE (Vernonia polyanthes): conflitos de autoridade; insubordinação; desobediência; rebeldia.

BEIJO (Impatiens walleriana): impulsividade; impaciência; irritação; tensão, nervosismo; agitação; insônia; problemas psicossomáticos; hipertensão.

BELA-EMÍLIA (Plumbago capensis): dúvidas; falta de autoconfiança; indecisos nas coisas mais banais.

BOLDO (Plectranthus neochilus): raivas; mágoas e rancores; comportamento “colérico”.

BOLSA-DE-PASTOR (Zeyheria tubercolosa): falta de sociabilidade; isolamento pessoal; desconfianças; dificuldades de convivência; problemas dermatológicos.

BONINA (Mirabilis jalapa): críticos; intolerantes; preconceituosos; preocupação exagerada com detalhes; mau humor; cinismo; separatividade; racismo.

BORRAGEM (Borago officinalis): abafamento no peito; pensamentos sombrios; depressão crônica e angústias na velhice.

BRINCO-DE-PRINCESA (Fuchsia regia): para a pessoa que esconde a tortura interna através de muito senso de humor; necessidade de estímulo; drogas; álcool; cigarro; televisão; vida social intensa; ansiedade; obesidade; insônia.

BUGANVÍLEA (Bougainvillea spectabilis): bloqueios na atividade inventiva e na criatividade artística.

CAFEEIRO (Coffea arabica var. nacional): para personalidades obstinadas; racionais; materialistas; financistas; competitivas individualistas; aparentemente fortes e corajosas; vício em café.

CALÊNDULA (Calendula officinalis): agressividade verbal, emocional e física; auto-destrutividade; sentimentos extremos de ódio e amor (oito ou oitenta); explosões de cólera; bloqueios da criatividade.

CAMARÁ (Lantana camara): dificuldades no convívio em grupo; reuniões em assembléia; congressos; locais de trabalho; escolas; hospitais; casas de detenção; creches; asilos; retiros; viagens; festas, etc. Necessidade de entrosamento com os grupos.

CAMÉLIA (Camelia japonica): para aqueles que internalizam sentimentos de ódio; que são desconfiados; vingativos; ciumentos, possessivos; agressivos; invejosos e rancorosos.

CAMOMILA (Matricaria chamomilla): pessoas nutritivas, maternais e superprotetoras que se esgotam na ânsia de servir bem.

CAPUCHINHA (Tropaeolum majus): pessoas intelectualizadas e que tendem a se isolar; julgam-se indiferentes; orgulho; frieza emocional; natureza silenciosa; excessiva auto-estima julgando os outros como inferior.

CARÓLIA (Thumbergia alata): para pessoas que não aceitam ordens; inflexíveis; ditadores; querem controlar tudo a sua volta; ambições de poder; crianças agressivas.

CARQUEJA (Baccharis trimera): medo de infortúnios com os entes queridos; apreensão; exagero nas recomendações de cuidado quando alguém se atrasa; não relaxa e tem a mente invadida por pensamentos negativos.

CARURU-DE-PORCO (Amaranthus spinosus): traumas e conflitos nos relacionamentos; ambientes familiares com discórdia; desentendimentos e conflitos.

CHICÓRIA (Chicorium intybus): para as pessoas possessivas; ciumentas; dominadoras; magoáveis; choram com facilidade; carência afetiva.

CIPÓ MIL-HOMENS (Aristolochia galeata): pessoas preocupadas com conceito de pecado; autopunição; problemas referentes à sexualidade.

CIPÓ-DE-SÃO-JOÃO (Pyrostegia ignea): preocupações com a aparência externa; apegos ao luxo; à ilusão das formas; às aparências; às convenções; aos ornamentos e adornos materiais em detrimento dos valores espirituais.

COARI (Tagetes minuta): desorientação; hipersensibilidade sensorial; ânsia por progredir na vida.

COMPOSTO AMBIENTAL (Artemísia, Assa-peixe, Beijo, Camará, Camélia, Milefólio e Silena): equilíbrio entre as manifestações coletiva e individual; o padrão vibratório grupal precisa ser elevado; captar em maior profundidade a psique do outro; criando assim um clima de maior entendimento mútuo.

COMPOSTO CALMANTE (Alfazema, Beijo, Brinco-de-princesa, Figueira, Gabirobeira, Gervão, Manjericão, Melão-de-são-caetano e Sensitiva): tensão; ansiedade; nervosismo; irritabilidade; ruminação mental; preocupações; impulsividade; impaciência; confusão mental e agressividade.

COMPOSTO DA OPULÊNCIA (Assa-peixe, Cipó-mil-homens, Erva-de-santa-maria, Jabuticabeira, Jasmim, Manjericão, Margarida e Milefólio): gananciosos; avarentos; perdulários; para aqueles que enxergam o dinheiro como algo sujo e pecaminoso; para os que temem uma possível escassez de recursos e precisam desenvolver fé na Providência Divina.

COMPOSTO DA PUBERDADE (Alfazema, Assa-peixe, Buganvílea, Camará, Corriola, Hibisco, Jasmim, Manjerona e Milefólio): criatividade; auto-imagem positiva; aceitar autoridade; vocação, equilíbrio sexual; apoio contra a tendência ao vício e ao desregramento.

COMPOSTO DE 5 FLORES (Alecrim, Beijo, Cosmos, Cravo-de-defunto e Gabirobeira): emergências psíquicas; tensão; choques; sustos; desmaios; pânico; usar até se conseguir o socorro especializado.

COMPOSTO DE 9 FLORES (Alecrim, Aleluia-amarela, Arnica-mineira, Artemisia, Beijo, Cosmos, Cravo-de-defunto, Manjerona e Sabugueiro): primeiro socorro psíquico-físico, enquanto se procura a orientação especializada. Situações onde haja perdas do sentido; paralisias; choques; descontroles; colapsos; histeria; pânico; desesperança; bem como ferimentos; cortes; torções; pancadas; fraturas; hemorragias; intoxicações; envenenamentos; dor e etc.

COMPOSTO DO APRENDIZADO (Alfazema, Alecrim, Camará, Dente-de-leão, Hortelã-pimenta, Ipê-amarelo, Margarida, Sálvia e Serralha): dificuldades gerais de compreensão; aprendizado; memorização; concentração; síntese; globalização; dificuldades na escola; crianças excepcionais.

COMPOSTO DO EXAME (Alecrim, Alfazema, Funcho, Ipê-amarelo, Manjericão, Melão-de-são-caetano e Serralha): para aqueles que estão na expectativa de um exame; um teste; uma prova; uma situação qualquer que exija maior coragem; confiança; segurança; autocontrole; concentração e tranqüilidade.

COMPOSTO DO RELACIONAMENTO (Arruda, Artemísia, Cafeeiro, Camomila, Carqueja, Caruru-de-porco, Girassol, Hibisco, Ingazeiro, Lírio e Videira): conflitos entre os aspectos masculino e feminino como: prepotência, competitividade; agressividade e insensibilidade.

COMPOSTO Feminino (Alfazema, Camomila, Cipó-mil-homens, Fedegoso, Figueira, Lírio, Madressilva, Milefólio e Rosa-silvestre): climatério (menopausa); TPM, fogachos; calores pelo corpo; irritabilidade; irritabilidade; nervosismo; supersensibilidade; depressão; dores de cabeça e no corpo; falta de apetite; cólicas menstruais; sentimentos de angústia e de abandono.

COMPOSTO GERIÁTRICO (Alecrim, Anileira, Artemisia, Borragem, Funcho, Madressilva, Manjericão, Quebra-pedra e Sabugueiro): perdas das faculdades intelectuais e sensoriais; tônico mental e físico; esgotamento ou apatia que seguem aos períodos de muita adversidade.

COMPOSTO IMUNOLÓGICO (Bolsa-de-pastor, Bonina, Camomila, Cipó-mil-homens, Funcho, Linho, Macieira, Milefólio e Sálvia): tônico do sistema imunológico; alergias dermatológicas e respiratórias; defesas exauridas por atitude mental crítica; intolerante, e separativista.

COMPOSTO INFANTIL (Cosmos, Eucalipto, Gabirobeira, Macieira, Maracujá, Salvia e Tanchagem): crianças sensíveis; inseguras e tensas; distúrbios respiratórios; sono agitado; terror noturno; pesadelos; enurese noturna (xixi na cama); bruxismo; nervosismos; dificuldades de convivência.

COMPOSTO PARA LACTENTES (Alfazema, Funcho, Macieira, Milefólio, Não-me-esqueças, Sálvia e Tanchagem): harmonização de comportamento de recém-nascidos e lactentes.

COMPOSTO SUPLEMENTAR (Arruda, Artemisia, Brinco-de-princesa, Calendula, Chicória, Erva-de-santa-maria, Jabuticabeira, Jasmim e Macieira): ansiedade; pensamentos obsessivos; medos; carências afetivas; bloqueios na criatividade; possessividade; falsa autoidentificação; vontade fraca.

COMPOSTO TONIFICANTE (Alecrim, Arruda, Cipó-mil-homens, Cravo-de-defunto, Funcho, Ipê-amarelo, Pata-de-vaca, Rosa Silvestre e Sempreviva): cansaço; esgotamento mental e físico; prostração; desinteresse pelas circunstâncias e falta de apetite; estresse.

COMPOSTO TRANSFORMADOR (Artemísia, Cipó-de-são-joão, Jasmim, Manjerona, Mentrasto, Milefólio, Quebra-pedra, Salvia e Silena): restauração profunda da psique; novas posturas internas; externas e comportamentais; estagnação nos tratamentos florais e psicológicos; rejuvenescimento espiritual, mental e emocional.

COMPOSTO VITAL (Borragem, Cravo-de-defunto, Figueira, Heliotrópio, Jasmim, Serralha, Melão-de-são-caetano, Mostarda e Pinheiro): pessoas deprimidas; negativistas; pessimistas; tristes; melancólicas; culposas e queixosas que precisam despertar a alegria interior.

COMPOSTO ANO PESSOAL 1 – AÇÃO (Alfazema, Beijo, Bela Emília, Erva-baleeira,

Pimenta, Sempreviva, Sensitiva,Taboa e Tanchagem): Ano que pede iniciativa, determinação, coragem, novos empreendimentos, objetivos claros, início de uma nova caminhada. (Impulsividade, impaciência e individualismo). Esta fórmula floral traz direção.

COMPOSTO ANO PESSOAL 2 – COOPERAÇÃO (Arruda, Assa-Peixe, Beijo, Câmara,

Camélia, Caruru-de-porco, Milefólio e Jabuticabeira): Ano que pede paciência, tolerância, diplomacia, dedicação e socialização. (Submissão, insegurança e negligência). Esta fórmula floral traz harmonia.

COMPOSTO ANO PESSOAL 3 – EXPANSÃO (Bolsa-de-pastor, Brinco-de-princesa, Eucalipto, Hortelã-pimenta, Malva-real, Margarida, Melão-de-são-caetano e Rosa Silvestre): Ano que pede contato social, intercâmbio, comunicação, movimento e criatividade. (Ruminação mental, extravagâncias). Esta fórmula floral traz aprendizado.

COMPOSTO ANO PESSOAL 4 – TRABALHO (Serralha, Ipê-amarelo, Aleluia-amarela, Heliotrópio, Manjericão, Pinheiro, Sempreviva e Cordão-de-frade): Ano que pede estrutura, responsabilidade, trabalho árduo e praticidade. (Frustração, limitação, desânimo, fadiga, tristezas). Esta fórmula floral traz estabilidade.

COMPOSTO ANO PESSOAL 5 – MUDANÇA (Arnica-mineira, Chicória, Cipó-de-são-joão, Cravo-de-defunto, Douradinha, Funcho, Jasmim, Madressilva, Milefólio e Quebra-pedra): Ano que pede desapego, flexibilidade, aceitação do novo e adaptação . (Desassossego, inconstância, e rompimentos). Esta fórmula floral traz transformação.

COMPOSTO ANO PESSOAL 6 – HARMONIA (Bonina, Cafeeiro, Camomila, Carqueja, Caruru-de-porco, Cravo,Girassol, Guiné, Hibisco, Lírio e Videira): Ano que pede responsabilidade, união ao lar e família, afetividade. (Dependências afetivas, ciúmes, abnegação) Esta fórmula floral traz companheirismo.

COMPOSTO ANO PESSOAL 7 – REFLEXÃO (Aleluia-amarela, Cordão-de-frade Heliotrópio, Ipê-amarelo, Manjericão, Pinheiro, Sempreviva e Serralha): Ano que pede análise, pensamentos intuitivos, meditação, descoberta da espiritualidade. (Solidão, ciúmes, abnegação). Esta fórmula floral traz sabedoria.

COMPOSTO ANO PESSOAL 8 – PROGRESSO (Cafeeiro, Camelia, Chicória, Erva-de-santa-maria, Ipê-amarelo, Jabuticabeira, Manjericão, Margarida, Piteira e Serralha): Ano que pede organização estratégias definidas, contato com o lado material. (Ambição, materialismo, crueldade, avareza) Esta fórmula floral traz persistência.

COMPOSTO ANO PESSOAL 9 – DOAÇÃO (Arruda, Amor-deixado, Borragem,

Capuchinha, Melindro, Não-me-esqueças e Verrucária): Ano que pede fechamento de ciclo, finalização de projetos, compaixão e perdão. (Falta de objetivos, desorganização, abnegação) Esta fórmula floral traz solidariedade.

COMPOSTO ARIANO (Beijo, Coari, Gervão, Girassol, Sabugueiro, Sálvia e Tabaco): nascidos entre 21 de março-20 de abril. Sol, Lua ou Ascendente neste signo. Desequilíbrios do elemento fogo. Marte mal aspectado. Para impaciência, impetuosidade, competição, nervosismo, irritação, agressividade, ansiedade, individualismo, egocentrismo, etc. (hiperatividade, inflamações, insônia, pressão alta, dor-de-cabeça, nevralgias, etc). Este composto traz serenidade, paciência e tranqüilidade.

COMPOSTO TAURINO (Arruda , Erva-de-santa-maria, Hortelã-pimenta, Jabuticabeira, Quebra-pedra, Rosa-silvestre e Serralha): nascidos entre 21 de abril-20 de maio. Sol, Lua ou Ascendente neste signo. Desequilíbrios do elemento terra. Para rigidez, ganância, teimosia, apego, conservadorismo, lentidão, pessimismo, apatia (obesidade, inflamação de garganta, prisão-de-ventre, distúrbios da tireóide, menstruação irregular , etc). Este composto traz adaptabilidade, flexibilidade e desapego.

COMPOSTO GEMINIANO (Bela-emília, Brinco-de-princesa, Eucalipto, Girassol, Melão-de-são-caetano e Silena): nascidos entre 21 de maio-20 de junho. Sol, Lua ou Ascendente neste signo. Desequilíbrios do elemento Ar. Mercúrio mal aspectado. Para instabilidade, inquietação, oscilações, dúvidas, inconstância, fraco sentimento de identidade pessoal, dispersão, ruminação mental, etc.(alergias respiratórias, ruminação mental, inquietação, pneumonias, bronquites, etc). Este composto traz estabilidade, verdade e genialidade.

COMPOSTO CANCERIANO (Alfazema, Camomila, Carqueja, Chicória, Erva-de-santa-luzia, Figueira, Madressilva, Maracujá, Não-me-esqueças e Sensitiva): nascidos entre 21 de junho- 21 de julho. Sol, Lua ou Ascendente neste signo. Desequilíbrios do elemento Água. Aspectos difíceis entre Sol e Lua. Para saudosismo, sensibilidade, medos, inseguranças, falta de autoconfiança, servilismo exacerbado, timidez, mudanças de humor repentinas, imaturidade, carência afetiva, sonambulismo, etc. (diabetes, vícios em açúcar, problemas hormonais, indigestões, gases no estômago, tosse, soluço, hidropisia, melancolia, hipocondria, histeria, pedra na vesícula, icterícia etc). Este composto traz segurança, maturidade e coragem.

COMPOSTO LEONINO (Assa-peixe, Carólia, Erva-baleeira, Gervão, Girassol e Tabaco): nascidos entre 22 de julho-22 de agosto. Sol, Lua ou Ascendente neste signo. Desequilíbrios do elemento Fogo. Sol ou Júpiter em destaque. Para egocentrismo, narcisismo, ansiedade, autoritarismo, ambição, etc. (palpitações, pressão alta, desmaios, aneurismas, coluna, arteriosclerose, angina no peito, etc). Este composto traz humildade, empatia e igualdade. paciência e tranqüilidade.

COMPOSTO VIRGINIANO (Artemísia, Arruda, Bonina, Cipó-mil-homens, Macieira, Manjericão, Margarida, Moças e velhas, Quebra-pedra e Sensitiva): nascidos entre 23 de agosto-22 de setembro. Sol, Lua ou Ascendente neste signo. Desequilíbrios do elemento Terra. Mercúrio ou Saturno mal aspectados. Para perfeccionismo, exigência, intolerância, crítica, puritanismo, teimosia, fragmentação, obsessão por limpeza, autopunições, indiferença, separativismo, ironia, mal humor, cinismo, obsessão por trabalho, etc. (alergias dermatológicas, prisão-de-ventre, hipocondria, etc). Este composto traz compaixão, tolerância e aceitação.

COMPOSTO LIBRIANO (Arruda, Bela-emília, Cipó-de-são-joão, Figueira e Lírio): nascidos entre 23 de setembro-22 de outubro. Sol, Lua ou Ascendente neste signo. Desequilíbrio do elemento Ar – Vênus mal aspectado. Para dúvidas, indecisão, incerteza, superficiabilidade, dificuldade em impor a vontade, necessidade de agradar, apegos ao luxo, vaidade, conflitos da maternidade com a carreira profissional (cálculos renais, areia na bexiga, eczema (doenças de pele), etc). Este composto traz independência, individualidade e clareza.

COMPOSTO ESCORPIANO (Calêndula, Camélia, Carólia, Carqueja, Chicória, Gabirobeira, Hibisco, Pata-de-vaca e Piteira): nascidos entre 23 de outubro-21 de novembro. Sol, Lua ou Ascendente neste signo. Desequilíbrios do elemento Água – Plutão e Marte mal aspectados. Para obstinação, pensamentos negativos, possessividade, carência afetiva, desconfianças, mágoas, inveja, ciúme, amargura, raiva, agressividade, crueldade, explosões temperamentais, inflexibilidade, tirania, necessidade de exercer o domínio e apreensão excessiva com os outros. (doenças do útero e dos ovários, doenças venéreas, constrição e dilatação da próstata, menstruação irregular, cólicas menstruais, leucorréia (corrimento), etc). Este composto traz amor, bondade, confiança.

COMPOSTO SAGITARIANO (Brinco-de-princesa, Coari, Dente-de-leão e Erva-baleeira): nascidos entre 22 de novembro-21 de dezembro. Sol, Lua ou Ascendente neste signo. Desequilíbrios do elemento Fogo. Mercúrio e Júpiter mal aspectados. Para ansiedade, fanatismo, fugas (vícios) necessidade de transcendência, desejo de justiça. (ciática, fígado, reumatismo e problemas nos quadris, problemas pulmonares e inflamatórios, etc). Este composto traz aprendizado, sabedoria e espiritualidade.

COMPOSTO CAPRICORNIANO (Arnica Campestre, Anileira, Bolsa-de-pastor, Borragem, Bonina, Ipê-amarelo, Malva-real, Pinheiro, Quebra-pedra, Sempreviva e Serralha): nascidos entre 22 de dezembro-20 de janeiro. Sol, Lua ou Ascendente neste signo. Desequilíbrios do elemento terra. Saturno mal aspectado. Para pessimismo, materialismo, inflexibilidade, dificuldade de socialização, auto-cobranças, sentimentos de culpa, tristezas, depressões, esgotamento. (tensões, pressão alta, fraqueza óssea, fibromialgia, tensão muscular, eczema e outras doenças da pele, erisipela, lepra, distúrbios digestivos, etc). Este composto traz afeto, esperança e proteção.

COMPOSTO AQUARIANO (Alecrim, Assa-peixe, Camará, Capuchinha, Corriola, Cravo, Funcho, Manjerona, Milefólio, e Tanchagem): nascidos entre 21 de janeiro-19 de fevereiro. Desequilíbrios do elemento Ar. Sol, Lua ou Ascendente neste signo. Para socialização, supersensibilidade ao meio, dificuldade em desabafar, falta de motivação, esquecimento, necessidade de liberdade, rebeldia, intelectualismo, isolamento, mudanças repentinas. (veias varicosas, problemas circulatórios, irregularidades na atividade do coração e hidropisia, etc). Este composto traz objetivos, integração e direção.

COMPOSTO PISCIANO (Alecrim, Corriola, Cosmos, Erva-de-santa-luzia, Jasmim, Maracujá, Mentrasto, Milefólio, Sensitiva e Violeta): nascidos entre 20 de fevereiro-20 de março. Sol, lua ou ascendente neste signo. Desequilíbrios do elemento água. Netuno mal aspectado. Fraco sentimento de identidade, medos de origem desconhecida, esquecimento, desvitalizações, sonhos e idealismo exagerado, timidez, etc. (deformações nos pés, sonolência, fraquezas, doenças nos intestinos e hidropisia, desejo por bebidas e drogas, que pode causar delirium tremens, resfriamento dos pés, etc). Este composto traz limites, concentração e firmeza.

COMPOSTO DO 1º CHAKRA (Alecrim, Cipó-mil-homens, Cordão-de-frade, Erva-de-santa-maria, Morangueiro, Sensitiva, Tanchagem e Vinca Pervinca): segurança e coragem nas situações do dia-a-dia.

COMPOSTO DO 2º CHAKRA (Alface, Cipó-mil-homens, Hibisco, Jatobá, Lírio e Manjerona): estimula os impulsos de continuidade e perpetuação.

COMPOSTO DO 3º CHAKRA (Arruda, Chicória, Erva-cidreira, Figueira, Lobeira, Milefólio, Sálvia e Videira): poder pessoal; vontade; determinação; autoridade e humor.

COMPOSTO DO 4º CHAKRA (Bonina, Congonha-de-bugre, Cravo, Erva-de-bicho, Eucalipto, Lobeira, Rosa Silvestre, Sangue-de-adão, Taboa e Urucueiro): troca emocional: coração (amor) e circulação (comunicação).

COMPOSTO DO 5º CHAKRA (Buganvílea, Calendula, Dente-de-Leão, Erva-baleeira, Girassol e Margarida): dinamiza a criatividade superior e a vontade.

COMPOSTO DO 6º CHAKRA (Alecrim, Amor-deixado, Erva-de-santa-luzia, Figueira e Quebra-pedra): traz consciência de nossas ações; pensamentos e sentimentos.

COMPOSTO DO 7º CHAKRA (Figueira-de-jardim, Incenso, Lírio-do-brejo, Manjericão, Manjerona e Melindro): percepção e consciência mais abrangentes.

*CONGONHA-DE-BUGRE (Villaresia congonha): pessoas com o coração oprimido; intenções ocultas.

COPO-DE-LEITE (Zantedeschia aethiopica): ambigüidade e conflito sexual; homossexualismo; rejeição das partes sexuadas do corpo.

CORDÃO-DE-FRADE (Leonotis nepetaepholia): encontrar o lado positivo das situações vividas; proteção e confiança nos momentos de grande necessidade.

CORRIOLA (Ipomea cairica): vida desregrada; vícios em drogas e bebidas; necessidade de artifícios para transcender; aborrecem com as responsabilidades.

COSMOS (Bidens sulphurea): pessoas que se encontram em situações de medo extremo; desesperadas; em pânico podendo causar pesadelos.

CRAVO (Dianthus caryophyllus): tortura interna; não conseguem desabafar; preocupação oculta; internalizam os sentimentos; guardam as emoções em silêncio.

CRAVO-DE-DEFUNTO (Tagetes patula): situações de traumas referentes a choques e sustos; situações de perdas; paralisias; rejeição da realidade.

DENTE-DE-LEÃO (Taraxacum officinale): dissociação entre o pensamento, o sentimento e as atitudes; superficialidade; fanatismo; debilidades nos órgãos de percepção.

DOURADINHA (Psychotria xanthophylla): situações de provação; coragem para enfrentar os aspectos sombrios da vida.

ERVA-BALEEIRA (Cordia verbenácea): desejo de justiça; entusiasmados; superansiosos; necessidade de terminar logo todas as tarefas; inflamações.

ERVA-CIDREIRA (Lippia geminata) :tendências negativas em perder energias; propensão a doenças periódicas.

ERVA-DE-BICHO (Polygonum persicaria): para as personalidades que se sentem às margens ou excluídas do próprio processo evolutivo; aprisionadas em padrões mentais viciados; escravizados por paradigmas materialistas; egoístas; competitivos e cegos; necessitam fluir na vida com alegria.

ERVA-DE-SANTA-LUZIA (Euphorbia hirta): mediunidade; astralismo; desenvolvimento extra-sensorial; para-normal ou espiritual fora do controle; distúrbios visuais.

ERVA-DE-SANTA-MARIA (Chenopodium ambrosioides): pessoas preocupadas em suprir as necessidades básicas; ansiedades e inseguranças; compulsão para comer e comprar.

ERVA-MOURA (Solanum nigrum):sentem-se estranhos no mundo; história de sofrimento desde o nascimento; dor; traumas; identificam-se desde cedo com os aspecto mais sombrios e pesados; abusos na infância.

EUCALÍPTO (Eucalyptus globulus): comportamento contraditório; oscilação entre viver e querer morrer; distúrbios respiratórios.

FEDEGOSO (Cássia alata): vergonha e autocondenação por atitudes públicas e sociais.

FIGUEIRA (Fícus carica): indecisão; irritabilidade; mudanças repentinas de humor; distúrbios menstruais.

*FIGUEIRA DE JARDIM (Ficus roxburghii): equilíbrio do instinto predador, para aqueles que precisam despertar a pureza, a graça, integração, completude, espontaneidade e alegria (consciência adâmica).

FUNCHO (Foeniculum vulgare): cansaço mental; dificuldades de “digerir” fatos novos; dificuldade de adaptação.

GABIROBEIRA (Campomanesia reticulata): pensamentos irracionais; descontrole; explosões incontroláveis de ira; autodestruição; medo da loucura e do suicídio.

GERVÃO (Stachytarpheta dichotoma): agressividade nas atitudes; nervosismo; vontade de descontar a raiva nos outros; inflamações.

GIRASSOL (Helianthus annuus): egoísmo manifestado por introversão ou extroversão extremas; incapaz de ficar só; quer ser o centro das atenções; auto-estima baixa ou excessiva.

GUINÉ (Petiveria alliacea): perdas energéticas; decorrentes da má influência de outras pessoas; independência emocional; “acha que não vive sem o outro”.

HELIOTRÓPIO (Buddleja davidi): sensação extrema de tristeza (a pessoa se encontra no fim do túnel); perda da capacidade de sonhar e acreditar na vida.

HIBISCO (Hibiscus rosa-sinensis): dificuldades de “fusão” com o parceiro(a) ; bloqueios na sexualidade; falta de motivação sexual.

HORTELÃ-PIMENTA (Mentha piperita): necessidade de assimilar impressões sensoriais; lentidão psíquica; falta concentração.

INCENSO (Tetradenia riparia): medos e ansiedades com relação ao futuro; para os que necessitam de uma elevação da espiritualidade pessoal; percepção de detalhes.

INGAZEIRO (Inga uruguensis): sentimento maternal exagerado; aspecto feminino de supermãe tanto no homem quanto na mulher; vício em açúcar.

IPÊ-AMARELO (Tabebuia chrysotricha): necessidade de concentrar e potencializar os recursos internos de autocura.

JABUTICABEIRA (Myrciaria cauliflora): pessoas que colocam o sucesso financeiro acima de tudo; gananciosas; desconfiadas; sentimentos de vingança; malícia; mágoas profundas.

JASMIM (Jasminum officinale): ilusão com auto-imagens falsas; obesidade e excesso de bagagem na personalidade; narcisismo.

JATOBÁ (Hymenaea stigonocarpa): frigidez sexual feminina, fraquezas em geral.

*LINHO (Linum usitatissimum): restauração e regeneração energética e física, para proteção e contorno nítido das camadas da personalidade (rompimento da aura)

LÍRIO (Lilium longiflorum): revoltas e conflitos quanto aos papéis masculinos e femininos; conflitos na conciliação da maternidade com a carreira profissional; problemas sexuais obscuros; cólicas menstruais.

LÍRIO-DO-BREJO (Hedychium flavescens): estágios de decaída; desequilíbrios emocionais temporários; busca de estados mais meditativos e interiorizados; anseio por surgimento de idéias e sentimentos nobres.

LOBEIRA (Solanum lycocarpam): para as personalidades que se sentem enrijecidas; pesadas; psiquicamente imobilizadas; dificuldade em aceitar e respeitar o próprio corpo físico; compulsão alimentar (bulimia).

MACIEIRA (Pyrus malus): antibiótico floral; indivíduos exageradamente detalhistas e obcecados por limpeza ou com relação à aparência externa; pensamentos e sentimentos impuros; medo de contaminação por germes; não aceitação da própria aparência.

Madressilva (Lonicera japonica): apegados ao passado; acham que os bons tempos não voltam mais; saudosismo; sentimentalismo exacerbado.

MALVA-REAL (Althaea rosea): personalidades com forte sentimento de rejeição social, fugindo de qualquer contato com outras pessoas por sensação de inferioridade.

MANJERICÃO (Ocymum basilicum): personalidades sobrecarregadas com responsabilidades; cansaço mental; insônia; incapacidade e inadequação.

MANJERONA (Origanum majorana): personalidades perdidas; sem destino; que não sabem qual caminho seguir; falta de idealismo.

MARACUJÁ (Passiflora edulis): medos de origem vaga (escuro, fantasma, velório, etc); pressentimentos; sonambulismo; bruxismo, pesadelos; enurese noturna.

MARGARIDA (Chrysanthemum leucanthemum): visão fragmentada da vida; dificuldade em correlacionar os eventos; mente desconexa devido às muitas informações; deficiência mental.

MELÃO-DE-SÃO-CAETANO (Momordica charanthia): pensamentos insistentes; repetitivos; confusos; preocupação excessiva; insônia; dificuldade em relaxar a mente.

MELINDRO (Verbena chamaedryfolia): insatisfação e inquietude com a vida; fuga e recusa em vivenciar o presente.

MENTRASTO (Ageratum conyzoides): personalidades sensíveis e que buscam uma descarga de emoções durante o sono; busca de sonhos simbólicos para identificação do cotidiano.

MILEFÓLIO (Achillea millefolium): supersensibilidade ao meio; captam facilmente a energia negativa do ambiente; desvitalizações; bocejos.

MOÇAS-E-VELHAS (Zinnia elegans): personalidade séria; triste; mente e fisionomia envelhecidas; ressentimento e amargura.

MORANGUEIRO (Fragaria vesca): personalidade isolada; desconfiada das intenções alheias; fechada num mundo muito particular com suas fantasias e seus objetos pessoais; não se envolve socialmente.

MOSTARDA (Sinapsis arvensis): depressões endógenas; tristezas; desesperanças; melancolia.

NÃO-ME-ESQUEÇAS (Myosotis sylvatica): situações de perdas; não aceitação da morte; depressão pós-parto; rejeição de recém-nascidos pelos pais.

PATA-DE-VACA (Bauhinia fortificata): carência afetiva prolongada que traz a exaustão; debilidades orgânicas; anorexia nervosa.

*PEITO-DE-MOÇA (Solanum mammosum): para aqueles que precisam despertar a inspiração e a ntuição na vocação terapêutica; luz no atendimento clínico.

PIMENTA (Capsicum annuum): para as personalidades apáticas; resignadas; ausência do impulso de luta; conformadas com a própria condição e se sentem incapazes de dar um novo passo na tentativa de alterá-la.

PINHEIRO (Pinus elliottii): sentimentos de culpa; remorsos; arrependimentos; tristeza; autopunição; “carregam os problemas nas costas”.

PITEIRA (Agave americana): para aqueles corajosos e fortes; que se esforçam muito; se sentem exauridos e não admitem o cansaço.

QUEBRA-PEDRA: (Phyllanthus tenellus): sistemáticos; perfeccionistas; metódicos; cristalização mental; autocobranças; dificuldades de ceder.

ROSA-SILVESTRE (Rosa Canina): personalidades passivas; frustradas; sem iniciativa; monotonia e fadiga constante; decepções.

SABUGUEIRO (Sambucus australis): falta de controle do próprio corpo físico; tremores; disritmias; tiques nervosos; movimentos involuntários de origem nervosa.

SÁLVIA (Salvia officinalis):dificuldades de aprendizado; problemas na escola.

SANGUE-DE-ADÃO (Salvia splendens): para as personalidades que querem voar livremente, ampliando a consciência; porém enfrentam a solidão e as dificuldades encontradas no caminho.

SEMPREVIVA (Helichrysum bracteatum): esgotamento físico-psiquico; prostração; exaustão total; estresse.

SENSITIVA (Mimosa pudica): medo de coisas concretas (chuva, animais, altura, doenças, água, injeções, etc); hipocondria; gagueira; timidez.

SERRALHA (Sonchus oleraceus): depressões exógenas; pessimistas; desanimados; negativistas; indivíduos voltados ao materialismo.

SILENA (Pentas lanceolata): fraca identidade pessoal; tende a imitar os outros; falta de sinceridade e autenticidade.

TABACO (Nicotiana tabacum): aventureiros; impetuosos; porém desordenados e descuidados e que estão sempre procurando um desafio que exija coragem física; propensão a acidentes físicos; agitação psicomotora infantil.

TABOA (Typha angustifolia): para aqueles que percorrem a vida experimentando bloqueios nas atitudes; se sentem paralisados impotentes e sem rumo a seguir; precisam de um despertar para uma vocação interior.

TANCHAGEM (Plantago major): medo da vida; do risco; do entusiasmo; das surpresas; do inesperado.

URUCUEIRO (Bixa orellana): o desamor já traz riscos de colapsos; bloqueios no plexo solar e chakra cardíaco; debilidades cardíacas.

VERRUCÁRIA (Heliotropium indicum): negativismo e pessimismo social; envolvimento psíquico intenso com o inconsciente coletivo; mau humor; irritabilidade.

VIDEIRA (Vitis vinifera): dominador; autoritário; arrogante; agressivo; tirânico; cruel; machista; necessidade de poder; usa o álcool para se auto-afirmar.

VINCA-PERVINCA (Catharanthus roseus): rejeição profunda da vida; dificuldade de encontrar o ancoramento terreno; familiar; social e espiritual; sensação de “estar indo embora”; falta de enraizamento nas atitudes.

VIOLETA (Viola odorata): timidez; delicadeza; falta de confiança para se expressar; medo de falar em público.

VIOLETEIRA (Duranta repens/branca): pessoas que não se envolvem emocionalmente com nada; traumas passados; frieza emocional; “não conseguem chorar”.

Referências Bibliográficas:

A Terapia Floral (Escritos Selecionados de Edward Bach), org. Dina Venâncio, ed. Ground.

Afirmações para os Florais de Bach, Hugh Mac Pherson, ed. Aquariana.

As Essências Florais de Minas – Casos Clínicos e Depoimentos, Breno Marques da Silva e Ednamara Batista Vasconcelos e Marques – vol. 1, ed. Florais de Minas, 1995.

As Essências Florais de Minas – Criatividade e Espiritualidade segundo os passos da Profecia, Breno Marques da Silva e Ednamara Batista Vasconcelos e Marques, Celestina, ed. Aquariana, 2ªed., São Paulo, 1997.

As Essências Florais de Minas, Breno Marques da Silva e Ednamara Batista Vasconcelos e Marques, – Síntese para uma Medicina de Almas – ed. Aquariana, 1994.

As Plantas Curam, A. Balbach-edel-edições edificação do lar.

As Qualidades Positivas dos Florais de Bach, Hugh Mac Pherson. ed. Aquariana.

As Qualidades Positivas dos Florais de Bach, Julian Barnard, ed. Aquariana.

Astrologia Comportamental e as Essências Florais de Minas- Manual Prático de Astrologia Médica, Jayme S. Y. Camaño, ed. Pensamento 1997.

Crescendo com os Florais de Bach, Judy Howard, ed. Aquariana.

Dicionário dos Remédios Florais do Dr. Bach, T. W. Hyne Jones, ed. Pensamento.

Experiências Com a Terapia Floral do Dr. Bach, Mechthild Scheffer, ed. Pensamento.

Manual Ilustrado dos Remédios Florais do Dr. Bach, Philip M. Chacellor, ed. Pensamento.

Matéria Médica e Terapia Floral do Dr. Bach, Dr. Eduardo Lambert., ed. Pensamento.

Os Estados Afetivos e os Remédios Florais do Dr. Bach, Dr. Eduardo Lambert. ed. Pensamento.

Os Remédios Florais do Dr. Bach. Incluindo Cura-te a ti mesmo, Uma Explicação sobre a Causa Real e a Cura das Doenças, Editora Pensamento, São Paulo, 2002.

Os Remédios Florais do Dr. Bach – passo a passo, Judy Howard, ed. Pensamento.

Padrões de Energia Vital (Bach), Hugh Mac Mac Pherson, ed. Aquariana.

Repertório das Essências Florais de Minas, Breno Marques da Silva e Ednamara Batista Vasconcelos e Marques, ed. Aquariana, São Paulo, 1994.

Repertório dos Remédios Florais de Dr. Bach, F. J. Wheeler, ed. Pensamento

Terapia Floral do Dr. Bach: Teoria e prática, M. Scheffer, ed. Pensamento.

Terapia Original com as Essências Florais de Bach, Mechthild Scheffer, ed. Pensamento.

Um Guia para os Remédios Florais do Dr. Bach, Julian Barnard, ed. Pensamento.

Essências florais de Minas Gerais – Itauna – Brasil

*São as essências que ainda não temos, devido a época de florada.

Quero Comprar!